Notícias - Press-Kits

Materiais completos sobre os maiores anúncios da VWCO

Cavalo mecânico Volkswagen Constellation 25.360 ganha mais equipamentos

12 de Outubro de 2019
  • Modelo Constellation 25.360 agora tem configuração técnica mais equipada.
  • Pacote de acabamento Prime traz mais comodidade ao motorista.
  • Versão original de fábrica atende a mais exigências dos clientes.

 

O cavalo mecânico VW Constellation 25.360 tem novidades para o mercado brasileiro. O modelo normal de produção tem uma configuração técnica mais equipada, contando com itens como: cabine leito com teto alto, transmissão automatizada V-Tronic de 16 marchas, pacote de acabamento Prime e versão com transmissão manual ofertada como opcional.

Entre as novidades, o veículo contará com para-choque na cor do veículo, farol auxiliar, espelho retrovisor principal com regulagem elétrica, travamento das portas e levantamento dos vidros também elétricos, além de rádio CD-Player Bluetooth com entrada USB e auxiliar.

Indicado para composições de semirreboques com até três eixos distanciados (PBTC até 53 toneladas), o VW Constellation 25.360 está equipado com motor Cummins ISL de 8,9 litros, 360 cv e 1.600 Nm, com tecnologia SCR. Apresenta ainda freio de cabeçote para reduzir a necessidade de utilizar o freio de serviço, proporcionando maior segurança na operação.

O modelo atende diversas aplicações, com destaque para carga seca, furgão baú, furgão frigorífico, sider e tanque, entre outras, oferecendo maior produtividade para o transporte rodoviário.

VW Constellation 33.440 Tractor é apresentado com cabine estendida

 

  • Modelo une o chassi e conjunto motriz MAN à cabine Volkswagen, combinando soluções mundiais para atender a uma aplicação tipicamente brasileira.
  • Eixos traseiros com redução nos cubos são mais robustos e ideais para aplicações com alto desempenho no transporte pesado off-road.

A robustez do chassi MAN e a consagrada cabine da família VW Constellation: eis o VW Constellation 33.440 Tractor, agora na opção de cabine estendida. Em testes nos segmentos canavieiro, para o transporte da cana-de-açúcar do campo para a usina, e no madeireiro, para levar toras de madeira reflorestada, o modelo apresenta vocação sob medida ao combinar grande capacidade de carga, robustez do chassi e conforto na operação.

Outra característica são os eixos traseiros com redução no cubo, ideais para aplicações com alto desempenho no transporte pesado. O motor MAN D2676 gera 440 cv de potência e 2.200 Nm de torque. A transmissão automatizada é ZF, com 12 velocidades. A capacidade do tanque de combustível, de 515 litros, é adequada à operação e o CMT é de 125 toneladas.

Os freios contam com tambor nas rodas dianteiras e traseiras, ampliando a durabilidade nos trechos de poeira e terra batida, com a segurança dos sistemas ABS (que evita que a roda bloqueie quando o pedal de freio é pisado fortemente e entre em derrapagem), EBD (funciona em conjunto com o sistema ABS e tem a função de distribuir a força de frenagem entre as rodas do veículo), ATC (que evita o patinamento das rodas) e EasyStart, de auxílio de partida em terrenos com subida.

Caminhão VW Canavieiro é uma das atrações da VWCO na Fenatran

A VW Caminhões e Ônibus dá mais um passo adiante na oferta de alta tecnologia ao campo: leva à 22ª edição da Fenatran seu caminhão canavieiro, o Constellation 31.280 8x4, que estreia para potencializar a produtividade nas lavouras.

O caminhão tem dimensões e especificação técnica para conferir robustez a toda prova: ele tem eixos dianteiros tubulares de capacidade de nada menos do que 8 toneladas e bitola de 3 metros, intercambiáveis à suspensão original, desenvolvidos pela Suspensys. O prolongamento lateral do chassi foi realizado através de uma estrutura rígida facilmente acoplada a ele. O eixo traseiro tem redução no cubo, ampliando a robustez.

Esta inovação no prolongamento permitiu o deslocamento da suspensão e freios, proporcionando maior estabilidade lateral do veículo em terrenos inclinados, otimizando a distribuição das cargas e assim minimizando os esforços sobre os eixos. Graças à tração 8x4, o veículo traz alta capacidade de carga e mais estabilidade. Por fora, traz ainda pneus de alta flutuação Mitas, que minimizam qualquer dano à lavoura, aumentam a tração e desempenho na operação.

A novidade conta ainda com transmissão automática Allison, mais robusta para aplicação off-road, o que confere maior disponibilidade e elimina uso da embreagem. Assim, a operação ocorre sem trancos ou solavancos, com menor custo operacional, maior segurança e conforto ao motorista na condução. Ela combina-se à caixa de direção hidráulica Knorr-Bremse com assistência eletrônica de última geração e sistema de auxílio de partida em rampa, que aumenta a segurança na operação.

Outra vantagem é o motor MAN D08 de 6,9 litros, seis cilindros e potência de   277 cavalos, 1.050 Nm de torque e tecnologia EGR (Recirculação de Gases de Escape), que dispensa o Arla 32. A tomada de força de série é um diferencial, pois pode ser utilizada com o veículo em movimento.  

A engenharia da Volkswagen Caminhões e Ônibus projetou as modificações necessárias junto com o BMB, seu centro exclusivo de modificações, que deu suporte e instalou também o consagrado kit Canavieiro sob medida, já conhecido e aprovado pelos clientes. Ele traz com diversos itens que adaptam o caminhão à operação no segmento sucroalcooleiro. Como grade de proteção frontal “quebra mato”; escapamento vertical, pré-filtro agrícola, proteção inferior do radiador “peito de aço”; protetor de alternador contra palha; protetor térmico das tubulações do sistema pneumático (freio) e chicote elétrico, tomada de força, entre outros