Fechar
14/09/2022
Notícias | Caminhões

Volkswagen Caminhões e Ônibus estabelece primeiro importador oficial da marca no Oriente Médio

A Volkswagen Caminhões e Ônibus expande mais uma vez suas fronteiras, cumprindo seu plano de internacionalização. Depois de estrear na Ásia no início do ano, a montadora acaba de assinar com seu primeiro importador oficial no Oriente Médio. Ao mesmo tempo em que os veículos desembarcam na Jordânia, executivos da IA Automotive, que vai representar a marca, vieram ao Brasil para formalizar a parceria.

A princípio, a VWCO vai entrar no mercado jordaniano com modelos das famílias Delivery e Constellation. As primeiras unidades que acabam de chegar são para um programa de demonstração junto a clientes estratégicos e, nos próximos meses, começam a chegar caminhões disponíveis para vendas. “Antes tínhamos apenas comercializações diretas aos clientes no Oriente Médio, sempre feitas de forma pontual. Agora demos um grande passo além e estamos com uma estratégia consistente de internacionalização, com parcerias robustas e de alta credibilidade que vão fortalecer nosso posicionamento global e o atendimento no mercado”, afirma Leandro Pereira, gerente de Novos Mercados da Volkswagen Caminhões e Ônibus.

Para essa empreitada, a VW Caminhões e Ônibus elegeu a IA – Integrated Automotive como sua parceira de negócios, que é a divisão de veículos comerciais de um grupo com 70 anos de existência, mais de 6.000 funcionários e que representa também outras marcas da Volkswagen. Com quase 15 anos no mercado, a empresa IA já representa a MAN Truck & Bus no país e conta com uma equipe de experts em veículos comerciais para atender aos clientes tanto nas vendas quanto no pós-vendas. De olho no mercado Este ano, a VWCO anunciou o interesse em ingressar na Jordânia e já concretizou a iniciativa. Mas os planos não param por aí.

A empresa segue buscando oportunidades de ampliar sua presença mundialmente como fornecedora de veículos comerciais e serviços. Em parceria com importadores, quer aumentar as vendas nos mais de 30 países onde já atua, além de entrar em novos mercados na África, Ásia e Oriente Médio.

Imagens relacionadas