Fechar

Volkswagen Caminhões e Ônibus amplia sua internacionalização

A Volkswagen Caminhões e Ônibus quer ampliar ainda mais a sua presença internacional. E a partir de 2023, vai reforçar sua participação em quatro continentes, abrindo escritórios regionais e buscando mais oportunidades de negócios tanto no Brasil quanto no exterior. O anúncio foi feito hoje (1º) pelo presidente e CEO Roberto Cortes durante encontro com a imprensa em São Paulo (SP).

Com a abertura de representações cuidando dos interesses da marca na América do Sul, México e América Central, África e Oriente Médio, bem como o Sudeste Asiático, a montadora quer prospectar e consolidar sua presença em novos mercados, além de buscar a liderança em países nos quais já atua. A primeira etapa será seguir fortalecendo a marca na Argentina, onde completará 25 anos em 2023.

“Após mais de quatro décadas levando produtos robustos e sob medida a mais de 30 países, decidimos dar mais um passo firme rumo à globalização da marca VWCO. Além de continuar contando com nossa forte e profissional rede com mais de 300 concessionários e importadores autorizados, pretendemos criar uma estrutura regional própria, que garantirá ao cliente final ainda mais proximidade em nossa oferta de produtos, vendas e serviços. Começaremos esse trabalho já na América do Sul, mirando o potencial que enxergamos na vizinha Argentina,” explica Roberto Cortes.

Com fábricas no Brasil e no México, além de parcerias de produção na África do Sul e nas Filipinas, desde maio passado a razão social da empresa passou a ser Volkswagen Truck & Bus. A alteração veio para reforçar sua identidade como marca do Grupo TRATON de produtos especialmente concebidos para mercados emergentes em todo o mundo.

Em meio a um ciclo de investimentos de R$ 2 bilhões e ao maior lançamento de produtos já feito em sua história, a montadora enfrentou a pandemia e o desabastecimento de peças sem interromper a produção nos últimos dois anos e meio. 

“Este ano, estamos mantendo nossa liderança acumulada no licenciamento de caminhões no mercado brasileiro, bem como defendendo uma vice-liderança histórica em chassis de ônibus. Os embarques ao exterior também vivem um bom momento. É num cenário de otimismo com o futuro que lançamos essa nova fase de nossa internacionalização. Em breve, poderemos divulgar mais detalhes sobre ela”, diz Cortes

VWCO testa o maior caminhão elétrico fabricado no Brasil

A Volkswagen Caminhões e Ônibus vai expandir ainda mais seu portfólio elétrico. Entra em testes nas próximas semanas o maior caminhão elétrico 100% desenvolvido no Brasil. O e-Delivery 17 vai circular pelas ruas de São Paulo e tem capacidade para transportar 17,3 toneladas, cerca de 3 toneladas de carga a mais que o modelo de e-Delivery 14 (14,5 toneladas) graças a um projeto otimizado de engenharia, derivado da arquitetura modular flexível do projeto e-Delivery.

“Essa é mais uma variante da família e-Delivery. Nosso time concebeu uma arquitetura flexível que imprime velocidade para a construção de novos modelos, facilitando a adaptação e seguindo um novo conceito para veículos elétricos. Essa solução é única e exclusiva no mundo, tendo nos permitido desenvolver três modelos de caminhões elétricos num intervalo recorde”, destaca Roberto Cortes, presidente e CEO da Volkswagen Caminhões e Ônibus.

Embora seja o maior caminhão e-Delivery da família, o modelo mantém as dimensões para operar em zonas de restrição de circulação, como veículo urbano de carga (VUC), e traz eixo dianteiro com maior capacidade de carga, chassi e suspensão reforçados, configuração 6x2, plataforma de carga mais baixa facilitando a operação de carga e descarga, suspensão a ar integral para maior conforto e rodado duplo em ambos os eixos traseiros.

O veículo traz também uma nova configuração de baterias: quatro packs ou seis packs, atingindo uma autonomia de até 180 quilômetros. O veículo já inicia testes em operação real neste mês de dezembro, com o objetivo de avaliar sua aplicação real com clientes. Esse protótipo chega para atender operações que demandem alta densidade de carga em veículos compactos urbanos e também a distribuição de bebidas com até oito pallets.

O e-Delivery 17 toneladas carrega em si toda a inteligência embarcada que já é característica da família de elétricos da VWCO, com sistemas para a maior eficiência energética e também máxima segurança a bordo. Também se beneficia do conforto da cabine Delivery e do baixíssimo nível de ruído, tanto dentro quanto fora do veículo.

“Nossos grandes diferenciais em eletromobilidade são o rigor com que nossos produtos são testados e desenvolvidos, os serviços que agregamos para facilitar sua operação, uma rede de concessionários treinada e peças disponíveis para o pós-vendas em todos os mercados em que atuamos”, afirma Roberto Cortes.

Volkswagen Caminhões e Ônibus fecha o ano de 2022 com mais de 200 contratações

  •        Contratações ocorreram na fábrica de Resende (RJ) e na sede administrativa em São Paulo
  •        Lançamentos de produtos 2023 justificaram as contratações

 

No balanço do ano, a atual líder de vendas de caminhões e vice-líder em ônibus supera a marca de 200 contratações em 2022 para o preenchimento de vagas em seu complexo industrial de Resende (RJ) e na sede administrativa em São Paulo. Os profissionais passam a atuar na VWCO e nas empresas do Consórcio Modular para atender à demanda de produção dos lançamentos da Volkswagen Caminhões e Ônibus que chegam ao mercado em 2023, especialmente em razão da maior tecnologia embarcada dos veículos.

Ao mesmo tempo, a Volkswagen Caminhões e Ônibus segue com ampliações em sua fábrica. Parte desses colaboradores está dedicada à montagem de novos componentes na motorização em uma área recém-instalada na linha de produção. Em breve, também será inaugurado o novo centro de tecnologia da informação que está em construção na fábrica em Resende para fazer frente aos desafios da digitalização e inovação da empresa.

“Seguimos otimistas com as perspectivas do mercado e da economia brasileira, acreditando que fecharemos o ano com excelentes resultados para a nossa empresa. Estamos mantendo a liderança acumulada nos licenciamentos de caminhões no país, segundo a Anfavea, e a ainda uma boa vice-liderança em ônibus. Essas contratações vão fazer frente às oportunidades que esse cenário nos proporciona”, afirma Roberto Cortes, presidente e CEO da Volkswagen Caminhões e Ônibus.

Investimentos e novos mercados

As evoluções nos produtos e as consequentes contratações fazem parte do ciclo de investimentos de R$ 2 bilhões da montadora para o período de 2021 a 2025, que tem como foco desenvolver caminhões e ônibus cada vez mais eficientes. A empresa deu o pontapé na primeira pós-graduação in company para capacitação dos talentos nas áreas de eletromobilidade, conectividade e veículos autônomos.

Até 2025, a VWCO também vai reforçar os recursos para a crescente internacionalização da marca, objetivo na qual já avançou de maneira significativa este ano. Entre as principais novidades, destacam-se a chegada à Ásia pelas Filipinas e a inclusão de novos mercados em seu portfólio no exterior, sobretudo na África, onde também fortalece sua oferta com produtos mais modernos como o recente lançamento dos ônibus com tecnologia Euro 5 na África do Sul.

 

VWCO terá primeira mulher no seu Board em janeiro de 2023

A partir de 1º de janeiro de 2023, a executiva Livia Simões será a nova vice-presidente de Recursos Humanos da Volkswagen Caminhões e Ônibus. Ela sucederá Lineu Takayama, que deixará o cargo para se aposentar. Livia, cuja trajetória profissional se construiu totalmente dentro da montadora de veículos comerciais, será a primeira mulher a integrar o Board da VWCO.

“Agradecemos a Lineu Takayama pelos anos de dedicação à nossa empresa, que são parte de uma longa e extraordinária carreira na indústria automotiva. E saudamos a chegada de Livia Simões ao nosso Board, trazendo novas ideias e ainda mais diversidade para o futuro da marca Volkswagen Caminhões e Ônibus”, disse o presidente e CEO Roberto Cortes.

Mais jovem executiva a integrar o Board da empresa, Livia Simões tem 40 anos e é formada em Engenharia de Produção pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, com especializações em Gerenciamento de Pessoas, Liderança e Projetos por escolas como a ESMT Berlin, a Universidade de São Paulo e as Fundações Getúlio Vargas e Dom Cabral.

Há 18 anos na VWCO, Livia começou sua carreira como estagiária e hoje é a gerente executiva da plataforma de conectividade e soluções digitais RIO e de Novos Serviços VolksCare, tendo também passado pela Engenharia, encabeçando diversos projetos de grande relevância, como o planejamento estratégico da nova linha de caminhões extrapesados da marca.

Cinco décadas de dedicação5

Com 66 anos de idade e cerca de cinco décadas de dedicação profissional, Lineu iniciou sua carreira ainda jovem na Ford do Brasil em sua unidade de Taubaté (SP). No período da Autolatina, entre os anos de 1987 e 1995, atuou na Volkswagen do Brasil, retornando à Ford ao fim da joint venture. Em 1999, foi contratado pela Volkswagen, e em 2005 se juntou ao time da VWCO. Em 2009, assumiu a Diretoria de Recursos Humanos, e em 2016 a Vice-Presidência na condição de board member. 

Entre suas maiores conquistas, está o reconhecimento da VWCO entre as melhores empresas para trabalhar no Brasil, e a melhor empresa do Rio de Janeiro, de acordo com a lista do instituto Great Place to Work.

Imagens

Volkswagen Caminhões e Ônibus amplia sua internacionalização

1 imagem

VWCO testa o maior caminhão elétrico fabricado no Brasil

2 imagens

VWCO fecha o ano de 2022 com mais de 200 contratações

1 imagem

VWCO terá primeira mulher no seu Board em janeiro de 2023

2 imagens