Notícias - Caminhões

Conheça mais sobre os caminhões VW e MAN

Os grandes números por trás de uma família de gigantes: confira os bastidores da criação dos novos extrapesados VW

01 de Setembro de 2020
  • Testes: novos extrapesados tiveram maior campanha de aquisição de dados da VWCO;
  • Mais de 20 protótipos foram utilizados no desenvolvimento dos novos extrapesados VW no Brasil;
  • Desenvolvimento envolveu os clientes desde a primeira etapa de validações em campo.

Dois veículos com 300 pontos de monitoramento consolidam a maior campanha de aquisição de dados da Volkswagen Caminhões e Ônibus em testes. Desde um suporte de roteiro de chicote a um eixo inteiro, nada fugiu à análise minuciosa dos engenheiros da montadora para comprovar a robustez e a durabilidade dos componentes da nova família de extrapesados VW.

Nessa campanha de medição, os veículos Meteor cruzaram seis estados brasileiros em rotas rodoviárias que são tradicionalmente símbolo do transporte de soja no Brasil. Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro estiveram no trajeto dessas rodagens.

Sensores e instrumentos especiais foram instalados em todo o veículo, submetido às mais adversas condições de rodagem, seja em operação real, pistas especiais, estradas ou no campo de provas da VWCO, em Resende.

No modelo VW Constellation, com a sua já conhecida cabine, os testes envolveram aplicação em clientes, que participaram ativamente do desenvolvimento do veículo e contribuíram com melhorias para garantir que as novidades fossem 100% alinhadas à demanda no dia a dia.

Ao longo de dois anos, os modelos fizeram parte da frota de clientes do segmento canavieiro no interior de São Paulo e de Minas Gerais, em condição severa, carregando até 125 toneladas. Esta foi a primeira vez que a VWCO cedeu modelos ainda em fase de protótipos para esse tipo de avaliação.

Seja na aplicação off-road ou estradeira, os modelos venceram condições de pista e climáticas diversas, enfrentando até mesmo atoleiros carregados com 74 toneladas, para validação de sua configuração e da tradicional confiabilidade VW antes de chegarem ao mercado.

Testes estruturais de durabilidade acelerada foram conduzidos no campo de provas da VWCO, com base nas informações levantadas nas aplicações reais, estabelecendo um processo de desenvolvimento ágil e eficiente para entregar ao mercado um produto de extrema robustez, sob medida para operar nas mais diversas aplicações do segmento extrapesado.

Testes na cabine – A cabine passou por diversos ensaios, dentre eles o cab shake, em que o habitáculo é submetido a movimentos abruptos em teste de laboratório. Houve simulação de amassamento da cabine e até mesmo do basculmento para que o resultado final seja o menor esforço possível ao motorista. Além disso, a cabine passou por ensaios de envelhecimento térmico em câmara climática, que promoveu altas e baixas abruptas de temperatura e umidade para aferir a durabilidade dos componentes de acabamento interno e externo.

O trabalho incluiu testes de descongelamento e desembaçamento, realizados em baixas temperaturas, com o objetivo de validar a capacidade dos sistemas de ar-condicionado e ventilação em condições extremas, nas quais a segurança pode ser comprometida pela baixa visibilidade.

Simulações para o melhor custo operacional – Nos veículos que são lançados agora, os clientes vão perceber essa equação de simulações e avaliações em condições reais. Isso se traduz no melhor custo operacional, já que o desenho final de cada componente fica otimizado para máxima durabilidade, segurança, conforto e produtividade dos modelos.

A validação técnica foi realizada na nova pista de testes da VWCO em Resende, o mais avançado da América Latina, e também em campo em parceria com os clientes, engajando-os nesse desenvolvimento.

Em linha com o que há de mais moderno no gerenciamento de projetos, esse lançamento envolve equipes de integração entre diversas diretorias da empresa, além de um amplo trabalho de simulações virtuais para acelerar as avalições dos veículos e reduzir os custos de desenvolvimento, feito com os componentes de forma dinâmica, e criando inclusive novos procedimentos de testes na empresa.

Ao mesmo tempo, o time de profissionais da VWCO também elaborou um extenso estudo das operações de extrapesados no Brasil para garantir que a configuração dos veículos atendesse à realidade de operação no país maximizando o resultado operacional dos clientes.

Mais vídeos em: http://vwtbpress.com/videos_interna.php?id=43